Dicas para escolher seu Cirurgião Plástico

Confira se o médico tem especialização em Cirurgia Plástica e está ligado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Esta possui três categorias de profissionais:

- Aspirante: Médico que concluiu dois anos de especialização em cirurgia geral e está em formação em serviços credenciados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e pelo MEC, porem ainda não possui o título de especialista.

- Associado: Médico que concluiu dois anos de especialização em Cirurgia Geral, três anos de especialização em Cirurgia Plástica e foi aprovado após prova escrita, prática e oral para obtenção do Título de Especialista em Cirurgia Plástica.

-Titular: Médico que concluiu dois anos de especialização em Cirurgia Geral, três anos de especialização em Cirurgia Plástica e foi aprovado após prova escrita, prática e oral para obtenção do Título de Especialista em Cirurgia Plástica. Após dois anos como Associado, é submetido a novas provas teórico-práticas e quando aprovado passa a Membro Titular.

Procure tirar referências com amigos e parentes.

Tome cuidado com anúncios sensacionalistas que prometem resultados fantásticos, especialmente quando tem fotos de pré e pós-operatórios, ofertas de preços baixos e parcelamentos de honorários.

Procure dar preferência ao profissional com o qual você tenha estabelecido um bom relacionamento e tenha transmitido confiança e segurança.

Procure saber se o local onde a cirurgia será realizada possui Licença da Vigilância Sanitária para o procedimento que será realizado.

Veja se o seu Cirurgião Plástico mantêm-se atualizado na área, participando de congressos, cursos e jornadas da especialidade.

Desconfie de promessas de cirurgias simples, rápidas, sem preparação, exames pré operatórios, em locais inadequados.

Artigos ,